Você é viciado em desperdiçar seu tempo na internet?

internet-las-vegas.jpg

Muita gente passa bastante tempo na internet.

Muita gente é viciada em internet.

Muita gente… muite gente mesmo, desperdiça muito tempo na internet.

Tempo despediçado é tempo que você não investe nem em boa diversão, nem no seu benefício futuro.

Fazendo uma analogia, se tempo fosse dinheiro…

– tempo gasto em diversão seria como o dinheiro que você gasta para comprar algo que você quer muito.

– tempo investido seria como o dinheiro que você coloca no banco para ter mais dinheiro no futuro.

– tempo desperdiçado seria como pegar um bolo de dinheiro e jogar na lata do lixo.

Muita gente joga o tempo delas na lata do lixo, usando a internet.

Não há nada de errado em passar 5 horas por dia na internet. Ou 10h, ou 12h, ou 20h. Assim como não nada inerentemente errado em gastar R$ 4.000,00 em uma TV ou R$ 38.000,00 em um carro. O problema é pegar, que sejam R$ 500,00, e jogar na lata do lixo.

O problema é a forma como você usa esse tempo, não a quantidade de tempo.

Veja alguns exemplos de como jogar seu tempo no lixo:

1) Informações que expiram rapidamente:

Sites como terra, uol e ig oferecem em sua maior parte informações que parecem úteis à primeira vista, mas que na verdade são informações fúteis.

Eles tentam passar para você a sensação de que é importante conhecer sobre o que eles querem te informar, mas não é. A maior parte daquelas informações nunca terá a menor relevância na sua vida, e provavelmente não terá relevância na vida de ninguém em algumas semanas.

As chances são que, se você passa 30 minutos por dia em alguns desses sites, considerando apenas os dias úteis, em um ano você tenha passado 130 horas, o equivalente a 5 dias e meio, lendo um conteúdo que não melhorou a sua vida em nada, e nem te divertiu. Você jogou 8 dias do seu ano no lixo, e agora seu ano tem apenas 357 dias.

2) Emails encaminhados:

Emails encaminhados são todos aqueles emails que circulam pela internet e ninguém mais sabe quem é o autor. Para mim, emails encaminhados são a nova televisão. Eles produzem um entretenimento próximo de zero, um conteúdo informativo também próximo de zero, ambos expiram rapidamente (as chances são de que em menos de 1 mês não se lembre de mais nada), mas ocupam uma quantidade monstruosa do tempo das pessoas.

O email encaminhado é o irmão mais novo da televisão porque ele é o “entretenimento” passivo. É o entretenimento em que lhe alimentam, de colherzinha, o que você deve ou não ler. Não por acaso, normalmente eles erram sobre o que você gosta, assim como a tv. É a lei do menor esforço. E a do maior desperdício de tempo.

O mais interessante é o compromisso que as pessoas criam de “acabar com os e-mails encaminhados não lidos”. Elas criam um compromisso de desperdiçar o tempo delas só para não correr o risco de perder algo que pode ser muito legal/interessante. Adivinhe só: Você já está perdendo inúmeras coisas legais e interessantes ao ficar aí desperdiçando seu tempo lendo emails encaminhados.

O pior é ouvir de algumas pessoas que eles são bons para “passar o tempo”. Emails encaminhados não servem para passar o tempo, servem para desperdiçar o tempo. Se você vê 15 minutos de e-mails encaminhados durante a semana, e 1 hora no fim de semana, você gastou mais aproximadamente 7,5 dias do seu ano, que agora só tem 349,5 dias.

Só leia e-mails que foram escritos pela pessoa que lhe enviou o e-mail. Não leia e-mails encaminhados.

3) MSN (Yahoo Messenger, Google Talk, AIM, etc):
Um dos maiores problemas do MSN é que ele é síncrono. Isso significa que se alguém quiser se comunicar com você, você precisa fazer uma pausa momentânea para responder. Essas interrupções consecutivas te impedem de focar no que você estava fazendo, e portanto você não conseguirá fazer outra coisa, seja para se divertir ou para produzir.

Além disso, é muito difícil parar uma conversa com um amigo. Quando alguém te diz oi e você responde, a expectativa implícita é a de que vocês devem conversar até que vocês não tenham mais assunto. Outro problema do MSN é que o silêncio por MSN não é tão constrangedor quanto por telefone, o que encoraja as pessoas a ficarem conversando quando o assunto já não é mais interessante, ao contrário do telefone. O MSN também te dá mais tempo para pensar em algo, o que incentiva as pessoas a perpetuarem a conversa.

O MSN se popularizou na época da internet da banda estreita (época do ICQ, lembra?), em que não havia conversa de voz pela internet (Voip), e as alternativas para conversar com alguém eram pagar e falar por voz, ou falar de graça por texto. Essa época acabou.

Apesar de também ser síncrono, o Voip incentiva a rápida resolução do que precisa ser resolvido, ou dá um tom mais pessoal para a conversa entre amigos, trazendo o melhor dos dois mundos seja o interesse em se divertir ou em resolver um problema.

Já o email também traz uma enorme vantagem sobre o MSN: O email é assíncrono. Significa que, ao contrário do MSN (e do telefone), você não vai interromper a pessoa quando começar a comunicação com ela, e ela vai te responder quando for mais adequado para ela, e não quando for mais adequado para você. E você nunca mais vai ser interrompido.

Se você passa 30 minutos por dia no MSN, e 3 horas em cada dia do fim de semana (esses são valores bem inferiores ao de várias pessoas), você desperdiça mais de 200 horas, ou seja, 12,5 dias e meio. Seu ano agora só tem 337 dias.

Resolva todos os seus problemas de comunicação não urgentes ou não tão pessoais por email. Os urgentes, resolva por Voip ou telefone.

E desmarque a opção de inicializar o MSN automaticamente quando o windows inicializar.

4) Blogs:

Como é que você vivia sem blogs antes?

Quais foram as matérias que você leu em blogs que mudaram sua vida no mês passado? E na semana passada?

Blogs estão por todo lugar, com conteúdo para todos os tipos de gosto (inclusive esse que você está lendo agora 🙂 ). Esse “excesso de oferta”, no entanto, causa uma sobrecarga de informação. E mesmo informações que não deveriam ser importantes investimentos e não deveriam expirar no curto prazo acabam expirando, para dar espaço para outras informações, que darão espaço para outras informações, etc.

A grande tentação do blog é que tão mais fácil ler algo do que fazer algo. Você pode passar o dia inteiro lendo sobre design digital e achar, no final do dia, que aprendeu um monte sobre design digital, mesmo sem ter aberto o photoshop. Você pode ler o dia inteiro sobre javascript e no final do dia achar que é expert em desenvolvimento web.

A maior parte das pessoas lê pelo menos 30 minutos de blogs por dia sem tomar uma providência sobre o que acabaram de ler. Isso significa que elas passam 234h, ou 14,5 dias, lendo blogs. O ano delas agora tem apenas 322,5 dias. Só por causa da internet.

Resista a tentação. Se você estiver lendo um blog com um enfoque “produtivo”, pergunte-se “existe uma forma de eu engajar ativamente esse problema de forma a aprendê-lo?”. Anote os pontos importantes do artigo que você leu, crie pequenas tarefas para cumprir. Utilize o blog como uma ferramenta para mudar sua vida para melhor. Faça a leitura do blog valer a pena.

Existem inúmeras outras formas de jogar seu tempo no lixo:

Youtube, Orkut, World of Warcraft, etc. Eles podem parecer, ou podem ter sido em algum momento, autêntica forma de diversão. O problema é quando eles deixam de ser a coisa mais divertida que você poderia estar fazendo agora, mas você permanece lá, esperando aquela diversão voltar.

Adivinha? Ela não vai voltar.

Mais importante de tudo:

Use seu tempo conscientemente quando estiver na internet. Reflita se aquilo que você está fazendo melhora sua vida de forma significativa. Pergunte-se se isso será relevante daqui à 6 meses ou 1 ano.

Se a resposta for não, pergunte-se se você está se divertindo para valer com aquilo. Pergunte-se se é a coisa mais divertida e sublime que você poderia estar fazendo nesse momento.

Se a resposta também for não, você está viciado em desperdiçar seu tempo na internet.

Desligue o computador e vá encontrar os amigos. Vá dar uma volta no parque. Vá namorar. Ou vá ler um bom livro. 🙂

Anúncios

6 comments so far

  1. bjornn on

    Sobre as notícias que expiram rapidamente, me lembro que ontem no fantástico iriam passar uma entrevista EXCLUSIVA com a garota brasileira que comandava umas prostitutas nos Estados Unidos e que por causa delas o governador de algum estado teve que renunciar.

    Por que motivo isso foi parar no fantástico? Tantas outras pessoas pulam a cerca e nem por isso saem no jornal. Ainda mais que o cara que pulou a cerca é dos Estados Unidos. Nunca vi mais gordo…

    Ultimamente, embora ainda acesse o terra, uol, etc, tenho sido bem mais seletivo nas coisas que leio, justamente para desperdiçar menos tempo. Hoje praticamente só leio as manchetes e, se for o caso, leio a reportagem.

    O mesmo com o noticiário na TV. E sem falar que há muiiiitas notícias sobre os Estados Unidos e outros países na TV, que normalmente não têm nada a ver com o nosso dia a dia.

  2. mtoledo on

    É esse exatamente o caminho. É menos sobre “não passar tempo na internet” e mais sobre “julgar a minha atividade na internet”. Aliás, “atividade” é a palavra chave aqui. Utilizar a internet tem que ser menos “automático” e mais “ativo” para termos uma consciência maior.

    Os portais são construídos para te permitir vagar sem esforço, com entretenimento fraco disfarçado de informação. Melhor se entreter de verdade, ou fazer algo que mude sua vida para melhor de verdade. Não há porque se contentar com o pior dos dois.

  3. Guilherme on

    Excelente post!
    Eis a formula para o fracasso de uma pessoa: Youtube + Messenger + Orkut = Dia improdutivo.

    Obrigado pelo toque, eu estava precisando muito ler isso.

  4. Cris on

    Muito apropriado este post. Será que ainda há gente que não reconhece o tempo disperdiçado na net? O que ocorre, penso, é que muita gente usa a internet como fuga (como todo o vício), ainda assim vale a dica de usar este tempo da melhor forma possível.
    Ora, por acaso, aqui está um boa maneira de “disperdiçar o tempo na net”…este blog é realmente algo que se aproveite!

  5. Lelis on

    gente, sou muito viciada em internet. preciso me controlar

  6. andré on

    Adorei sua visão.Parabéns pela sacada.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: